Protected by Copyscape É terminantemente proibido copiar os artigos deste blog. Leia a nossa Licença Internacional da Creative Commons. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal, bem como na Lei 9610/98, que rege os Direitos Autorais no Brasil.

Ilegível

Duas almas que se amam são um corpo único, e que têm o seu alfabeto próprio, legível somente para seus próprios olhos.


Tua alegria não mais me sublima,
tua esquizofrenia não mais me molesta.
fora espaço e tempo, sobramos em rima:
parte infísica, estranha e funesta.

Há um perfeito sarau que nos habita
e em segredos nos consome, contesta
nossos sentidos, sobre os quais protesta...
em versos nos conclama, a alma imita.

Esse amor só pode ser crível em poesia,
pelas trovas de nossos corpos se explica
e o que se constrói é incompreensível.

É um espectro filosofal de eus e não se conhecia
o quanto das nossas existências replica,
tomando em termos dois, cria um, ilegível.

©Alexandre Tomé Ferreira